Gestão contábil: Benefícios e riscos do crescimento da sua empresa

A importância da gestão contábil no equilíbrio do ponto de convergência entre os benefícios e os riscos no crescimento da sua empresa

Estamos cansados de falar que todo empresário pensa em crescer. Entretanto, há muitos fatores que vão além do crescimento da empresa. Se fosse simples todos cresciam com um passe de mágica. Contudo, tudo possui os seus lados positivos e negativos, e com a vida empresarial não é diferente. Por isso a gestão contábil participa avidamente do contexto estratégico da empresa, para que, em uma forma de controle de equilíbrio, venha fazer o contraponto onde tudo o que pode ser benéfico no crescimento da empresa, mas todos os riscos que ela, também tem pelo caminho para correr e os recuos que ela precisa dar.
Esse artigo serve justamente para que, por meio da gestão contábil, o empresário venha, de forma prática, ter acesso a dicas para ter esse feeling.

Riscos principais

Todo crescimento possui desafios que exigem a empresa uma atenção integral. Todos os seus funcionários precisam compreender isso e adequar-se a esse crescimento e as demandas em questão. Dentro de um contexto de gestão contábil, cabe a empresa resguardar-se de riscos como:

Falta de foco

Toda empresa tem um foco, que está enquadrado a sua segmentação. Entretanto, alguns fatores internos e externos são essenciais para que a empresa mude rumos. Essa fuga do foco da empresa é normal, mas a gestão contábil, ao detectar, organizará a empresa dentro da realidade dos seus focos, ou dentro dos rumos pelo qual a empresa acabou tomando.

O caminho que a empresa vai tomar é de total liberado da sua liderança, mas o sucesso depende de gestão contábil que constrói moldes de trabalho e identidade empresarial do seu negócio.

Perda

De dois fatores fundamentais: fôlego e recursos financeiros. Olha que é difícil saber qual dos dois é mais importante para gestão contábil de uma empresa. Claro que, quando o capital fica escasso, tudo fica escasso, inclusive o fôlego. Mas trabalhar com capital, mas sem fôlego, também é algo extremamente difícil.

Especificamente quando falamos de capital, a organização na gestão contábil é fator preponderante. Primeiramente porque no Brasil o empresário sofre muito com fatores tributários, o que torna muito difícil. Para que a empresa sobreviva com lucro líquido e capital de giro é algo extremamente difícil. Mas é importante que a sua empresa não entre em empréstimos, compensações financeiras ou questões do tipo, que a faça se enrolar. Você que é empresário, desconfie de facilidades extremas.

Por fim, elabore orçamentos e crie formas de agregar a sua equipe para que ela se sinta confiante e motivada, dando um gás ao seu fôlego.

A falta de motivação e a questão financeira são totais fatores a ser trabalhados pela gestão contábil para que a empresa funcione como um todo.

Benefícios x riscos

Desafios existem em todas as esferas da vida, não só num âmbito empresarial. Na balança, é claro que os riscos saltarão aos olhos do empresário mais fortemente do que os benefícios, mas no final do processo, quando vemos os resultados, aos poucos, na empresa, o sinal de que tudo valeu a pena é incrível.

Mas para que todos os benefícios, quando colocados na balança, pagarem os riscos é importante que você e a sua empresa entrem na batalha confiantes e a gestão contábil, por meio de toda estrutura, é fator forte nos bastidores para que, organizada, a empresa venha ter muito sucesso.